terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A Secretaria de Meio Ambiente -RJ, será comandada pelo deputado estadual André Corrêa (PSD).


Pezão anuncia nomes que assumirão secretarias

Foto: Secretaria do Ambiente, um novo desafio!

Amigos, acabei de pousar no Santos Dumont, vindo de Brasília. Logo depois de postar meu agradecimento aos amigos de Sumidouro, recebi um telefonema do Governador Luiz Fernando Pezão me convidando a assumir a Secretaria do Ambiente. Fiquei super honrado com o convite. Sei que é uma missão difícil e complexa, mas com muito trabalho e a proteção de Deus, tudo vai dar certo! O trabalho agora é dobrado. renovo meu compromisso de cumprir todas as demandas de 92 municípios que represento como deputado e me dedicar ao meio ambiente do estado do Rio de Janeiro. Forte abraço!

Cidinha Campos (PDT) comandará Defesa do Consumidor e André Corrêa (PSD) a pasta de Meio Ambiente

Rio - O governador Luiz Fernando Pezão anunciou nesta terça-feira, durante premiação do sistema Integrado de Metas (SIM) para policiais civis e militares, dois nomes que assumirão seu secretariado a partir de janeiro de 2015. As informações foram divulgadas no RJTV. A deputada estadual Cidinha Campos (PDT) será a secretária de Defesa do Consumidor. Já a Secretaria de Meio Ambiente será comandada pelo deputado estadual André Corrêa (PSD). 
Durante sua diplomação na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na segunda-feira, Pezão descartou ainda a possibilidade de deixar algum cargo para o PT. O governador também divulgou o nome do recém-eleito deputado estadual pelo PMDB, Carlos Osório, para a Secretaria Estadual de Transportes. Osório é ex-secretário da pasta no município do Rio. 
Pezão entrega prêmio a policiais do Rio
O governador entregou os prêmios aos policiais civis e militares que atingiram as metas de queda dos indicadores estratégicos de criminalidade no estado no primeiro semestre de 2014.
Segundo o governo, o bônus, de cerca de R$ 28 milhões pago a 3.648 policiais, já foi depositado. Para chegar ao resultado, foram analisados indicadores, como letalidade violenta (que compreende homicídio doloso, auto de resistência, latrocínio e lesão corporal seguida de morte), roubo de veículo e roubo de rua (que inclui roubo a transeunte, roubo de celular e roubo em coletivo).

ODia