quarta-feira, 26 de março de 2014

Teresópolis em Encontro de Municípios em Brasília‏

tere
Com o objetivo de debater a agenda das cidades brasileiras para 2014 e o aprimoramento do pacto federativo, o subsecretário de Meio Ambiente de Teresópolis, Leandro Coutinho da Graça e o Subsecretário administrativo, Eduardo Niebus, participaram no decorrer da semana, em Brasília, do “Encontro Nacional de Municípios – Desafios e Possibilidades para 2014”.
Entre os temas abordados, a programação envolveu discussões sobre os Planos de Saneamento e Resíduos Sólidos para os Municípios.
O evento foi realizado pela Associação Brasileira dos Municípios (ABM) e contou com a presença de Ministros, Deputados, Prefeitos e Gestores Públicos de todo o País. “O grande desafio é garantir que todos os programas e convênios do Governo Federal para os municípios sejam executados, mesmo em ano eleitoral”, discursou o presidente da ABM, Eduardo Tadeu Pereira, na abertura do encontro.
Entre os temas abordados, a programação envolveu discussões sobre os Planos de Saneamento e Resíduos Sólidos para os Municípios, as pespectivas de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a Desburocratização de Convênios.
A intenção da ABM é abrir um canal permanente de diálogo entre os municípios e o Governo Federal para apresentar as demandas de 2014 e obter informações sobre os investimentos e projetos da União. Além dos debates, o encontro contou com uma exposição de empresas e entidades vinculadas à pauta municipalista e mesas de atendimento nos Ministérios.
teres
Em Brasília, os subsecretários Leandro Coutinho e Eduardo Niebus cumpriram extensa agenda. A pedido do prefeito Arlei, participaram de reuniões nos Ministérios do Meio Ambiente e do Trabalho e Emprego e no Congresso Nacional, onde apresentaram as demandas do município nos projetos de educação ambiental, sala verde, valorização dos catadores e na ampliação do programa de coleta seletiva.
Durante o encontro com o presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Gilson Queiroz, solicitaram liberação de recursos para a conclusão das obras da segunda fase do aterro sanitário de Teresópolis, que abrange a instalação de uma unidade de tratamento dos resíduos descartados pelos serviços de saúde, a implantação de uma unidade de beneficiamento de resíduos da construção civil e a adequação da unidade de triagem para unidade de apoio à coleta seletiva. A Funasa, órgão executivo do Ministério da Saúde, é uma das instituições do Governo Federal responsável em promover a inclusão social por meio de ações de saneamento para prevenção e controle de doenças.
“Seguindo o Plano Municipal de Governo apresentamos os projetos da Secretaria de Meio Ambiente e solicitamos recursos para implantação e ampliação dos nossos programas nas áreas de educação ambiental, saneamento básico, coleta seletiva e para as unidades de conservação do município”, assinalou o subsecretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Coutinho da Graça.
Fonte: Ascom/Teresópolis